(Cabine de Imprensa) Armadilha Explosiva.

Quando li a sinopse de Armadilha Explosiva e o recebi para fazer essa resenha aqui no blog, pensei:

“Lá vem mais um filme do mocinho pagando de super-herói e derrotando todas as forças do mal e bla bla”

Mas já nos primeiros minutos do filme já levo um “soco” no estômago de como eu estava errado sobre esse filme.

Ele não deixa você nem respirar direito no começo, a tensão do mesmo já o prende ali.

Por usar em sua trama como guerra, terrorismo e coisas assim, temas até então na época atual que escrevo esse review, são bem sensíveis, acabamos ficando um pouco incomodados com isso.

Mas no decorrer da trama, acabamos percebendo como sim tais temas foram bem explorados pelo roteiro e até conforme vai passando o tempo do filme, os tais temas de guerra na verdade são um pretexto para a real trama do filme.

Tirando até então as cenas de tensão usando o tal tema terrorismo, existe muito as cenas de tensão humana.

Não chega a ser spoiler, mas a tensão ali entre os personagens, a relação entre eles e principalmente seus conflitos internos e externos, acabam virando “bombas” no meio daquela situação de terrorismo do filme.

Os conflitos familiares da protagonista acaba sendo mais chocante do que uma cena de explosão, já que esperamos tais explosões e cenas de guerra já lendo a sinopse do filme.

A parte humana do filme acaba sendo a peça chave de tudo.

Preciso me segurar muito por causa de spoiler, mas tem uma cena da protagonista com o filho dela que impacta demais.

Vimos como momentos de “tudo ou nada” deixam as emoções a flor da pele fazendo as pessoas soltarem seus maiores demônios ou seria na verdade todas as mágoas guardadas.

 Outra coisa que me chamou muito a atenção no decorrer do filme é como apenas um local é explorado tanto e consegue gerar tantas cenas no filme que puxam tantas outras tramas paralelamente a trama principal.

Pois o filme passa totalmente dentro de um carro.

Como sempre não quero me alongar muito para não começar a soltar spoilers.

Mas é mais um filme europeu, no caso francês, que me surpreendeu e muito.

Consegue entregar uma experiência intrigante com um tema forte e complexo sem parecer aquele filme patriota como estamos acostumados com os grandes enlatados americanos que estamos acostumados a assistir.

Armadilha Explosiva é uma ótima pedida.

E claro obrigado a assessoria da A2 Filmes que distribui o filme e me mandou antecipado para escrever no blog.

E não deixe de conferir esse filmão nas melhores praças de cinema do Brasil.

Author: Ju-Sama

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.