Free Fire bate recordes, ganha prêmios e alcança mais de 150 milhões de jogadores ativos diariamente em 2021

Para o Battle Royale, o ano foi marcado por premiações, nova campanha de marca e inovações tecnológicas

O Free Fire figurou na vida dos fãs e dos jogadores em 2021, em diversos aspectos. Entre parcerias e lançamentos, o Battle Royale trouxe para o público sua primeira campanha de marca, ganhou prêmios e apostou em inovações tecnológicas para estar mais presente no dia a dia da comunidade.

Para celebrar as conquistas de 2021, a Garena fez um apanhado das principais realizações do ano que passou:

Free Fire no cotidiano

Em 2021, o Free Fire mergulhou de cabeça no mundo do entretenimento e anunciou diversas colaborações de conteúdo dentro do jogo, passando por marcas como McLaren Racing, Street Fighter V, One-Punch Man, Attack on Titan, Venom e La Casa de Papel.

Eventos especiais, tanto do universo do jogo quanto do calendário cultural brasileiro também marcaram presença, como o Despertar da Moco, o Dia do Booyah e eventos locais de Carnaval e Festa Junina.

Para comemorar o Dia do Booyah, inclusive, o Free Fire promoveu em novembro uma ação no Parque Raul Seixas, no bairro José Bonifácio, na Zona Leste de São Paulo. A quadra do parque foi totalmente reformada e decorada com elementos do Dia do Booyah, celebrando o fim do evento no Battle Royale. O espaço foi totalmente repensado para garantir uma melhor experiência de jogo para os moradores da região, trazendo mais conforto e segurança para os usuários do espaço.

Outras parcerias do mundo real incluem coleções com a Tilibra, para uma linha de papelaria e a Riachuelo, para uma linha de roupas inspirada nas skins.

A forma de se vestir virou conceito e trouxe, pela primeira vez, uma união entre o universo dos games e o da moda. Em 2021, as skins do Free Fire foram para a passarela da edição N52 do São Paulo Fashion Week. A coleção faz parte de uma parceria entre a Garena, o SPFW e o Santander Brasil, Banco da Moda, e foi lançada em novembro nas passarelas do evento. Foi a primeira vez que o mundo dos games e o mundo da moda se uniram e se apresentaram em uma semana de moda internacional. 

Free Fire: uma marca além do virtual 

Pensando em refletir o fator inclusivo de sua comunidade, a Garena lançou em outubro a campanha “O Jogo Virou”, a primeira campanha de marca do Free Fire no Brasil. O projeto ganhou vida e teve diversas etapas nos últimos meses. Em um primeiro momento, o Free Fire esteve nos mais variados formatos como TV, online e em redes sociais e “Out Of Home”, ou seja, outdoors, painéis e ativações físicas nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro. 

A segunda fase aconteceu em novembro de 2021, quando os jogadores tiveram a oportunidade de se cadastrar no site oficial da campanha “O Jogo Virou Dropzin” e, ao apontar a câmera do celular para o céu, podiam ver seus ‘dropzins’ caindo por meio de Realidade Aumentada (AR).

A adoção de diferentes tecnologias não parou por aí. Em dezembro, para anunciar o lançamento de um novo mapa in-game, a Garena lançou uma experiência imersiva baseada em realidade virtual, na qual os jogadores puderam dar uma espiada no novo mapa e desbloquear miniaventuras enquanto exploravam as diferentes zonas da região.

Premiações e marcos

O Esports Awards 2021 nomeou o Battle Royale da Garena como o ‘Jogo Mobile de Esports do ano 2021’ em sua cerimônia de premiação anual realizada (a partir de 03:08:51). Este é o segundo ano consecutivo em que o Free Fire ganha o prêmio. A vitória se baseia nas conquistas do game durante o ano, como o marco de 150 milhões de usuários diários ativos (DAU) em todo o mundo, atingido em agosto.

Além disso, o Free Fire se tornou, em julho, o primeiro Battle Royale a atingir 1 bilhão de downloads na Google Play Store. Em dezembro de 2021, segundo dados divulgados pela Sensor Tower, o Free Fire foi o jogo mais baixado do mundo, tanto no número de downloads da Google Play Store e do aplicativo iOS combinados, como no da Google Play Store individualmente.

O sucesso na plataforma do Google se estendeu para o Free Fire MAX, lançado em setembro, e que venceu a categoria “Escolha do Usuário” no prêmio Google Play Best 2021. O jogo foi escolhido como o melhor em uma votação feita pelos próprios usuários e engloba os países Estados Unidos, Brasil, México, Índia, Indonésia, Tailândia e Taiwan.

Aniversário Projetado

Foi no último ano que o Free Fire comemorou 4 anos de existência. As celebrações saíram do mundo digital e apareceram no mundo real em cinco cidades com projeções exclusivas. Acontecendo em prédios e ícones turísticos na Malásia, Vietnã, México, Rússia e Cazaquistão, os shows contaram com uma série de exibições comemorativas do universo Free Fire. A projeção feita em Las Vegas, na parte lateral do icônico Tropicana Las Vegas Resort, entrou para o Guinness Book of World Records com a maior projeção de um jogo já registrada.

Sucesso competitivo: As conquistas nos Esports do Free Fire

O Free Fire World Series 2021, que aconteceu em maio, em Singapura, atingiu pico de 5,4 milhões de espectadores simultâneos, excluindo as plataformas chinesas, de acordo com a Esports Charts, estabelecendo um novo recorde global de esportes eletrônicos e se tornando a competição de esports mais assistida do mundo. A transmissão da final foi, inclusive, o vídeo mais assistido no YouTube no Brasil durante o ano.

Localmente, a comunidade brasileira tem participado ativamente do Free Fire e suas competições. Como reflexo disso, a Liga Brasileira de Free Fire (LBFF) foi nomeada a competição de esports mais popular no Brasil, de acordo com a Pesquisa Game Brasil 2021 (PGB 2021). O torneio oficial da Garena é líder na categoria entre os torneios mais acompanhados, presencial ou digitalmente, para 35% dos entrevistados.

A LBFF 4, que aconteceu em março, foi transmitida, pela primeira vez, na TV aberta e alcançou pico de mais de 1,14 milhão de espectadores simultâneos, somando dados do YouTube, Loading e BOOYAH!. No total, o split registrou mais de 95 milhões de visualizações durante toda a realização da etapa. O recorde batido na final desbancou o pico alcançado na própria LBFF 4, na estreia da competição, alcançando mais de 751 mil espectadores. Esse número levou em conta dados somados do YouTube, TV Aberta, payTV e BOOYAH!, plataforma streaming da Garena.

E os recordes não estão apenas na série A da competição. No início do ano, também em março, a Série C da LBFF bateu recorde de inscrições, com mais de 90 mil jogadores registrados. A divisão é a porta de entrada para o cenário competitivo de Free Fire no Brasil. Ao todo foram 95.317 jogadores inscritos, divididos entre 19.377 equipes. Este total representou um aumento de 59% quando comparado ao número de inscritos na Série C da LBFF 3, em 2020.

A Garena não pretende parar em 2022. A desenvolvedora está constantemente estudando formas de inovar e atender às expectativas dos fãs de Free Fire, com novas parcerias, tecnologias e lançamentos. 

Para mais informações de Free Fire, acompanhe as redes sociais da Garena no FacebookInstagramTwitter e TikTok.

Free Fire pode ser baixado pela App Store e Google PlayStore.

Sobre a Garena 

A Garena é uma desenvolvedora e editora líder global de jogos online. Free Fire, seu título de Battle Royale desenvolvido internamente, foi o jogo móvel mais baixado do mundo em 2019 e 2020, de acordo com App Annie.

A Garena é dirigida por jogadores apaixonados e tem uma compreensão única do que os jogadores desejam. Ela licencia e publica exclusivamente títulos de sucesso de parceiros globais – como Arena of Valor, Call of Duty: Mobile e League of Legends – em mercados selecionados globalmente. A Garena defende experiências sociais e de entretenimento por meio de jogos, permitindo que suas comunidades se envolvam e interajam. A Garena é também uma organizadora líder de esportes eletrônicos e promove alguns dos maiores eventos de esportes eletrônicos do mundo.

A Garena faz parte da Sea Limited (NYSE: SE), uma empresa líder global na Internet para o consumidor. Além da Garena, os outros negócios principais da Sea incluem seu braço de e-commerce, Shopee, e braço de serviços financeiros digitais, SeaMoney. A missão da Sea é melhorar a vida dos consumidores e pequenas empresas com tecnologia.

Para mais informações sobre a Garena, visite o site.

JuSama

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *