(Resenha) Falcão e o Soldado Invernal

Depois de todo aquele estouro, as tramas, as teorias criadas em cima de Wandavision, agora a Marvel voltou a ser o que sempre foi, explosões e cenas clichês de filmes de heróis.

E isso não é ruim não, estou gostando e muito de como a Marvel está balanceando suas histórias, principalmente o ritmo delas.

Outra coisa que percebi é que não pode usar o falatório de uma série como se fosse feedback real de fã telespectador.

Falcão e o Soldado Invernal não tem nem 10% do boom que a série da Feiticeira Escarlate fez principalmente na rede, mas isso aconteceu porque caiu na maldição de não ser mais novidade.

Wandavision era novidade, em todos os sentidos, primeira série da Marvel em sua nova fase e ainda na plataforma de streaming da Disney e sabemos que muitos só comentavam ou assistiam a série por esse hype de ser a primeira.

Então não tem como comparar as séries por causa disso, Falcão e o Soldado Invernal é sim uma série muito boa e necessária na construção da nova fase do MCU.

Como já mencionado aqui, cenas de ação não faltam, por sua trama ter um aspecto militar, o famoso clichê herói e bandido é o carro chefe.

Vale lembrar que não é uma série para um leigo assistir de primeira, digo uma pessoa que não está ligado no universo Marvel, por usar ganchos com personagens renomados já nesse universo, como por exemplo o Capitão América, se deduz que já encarar a série estará a par de todos os acontecimentos e evitar o famoso: quem é esse?

Na verdade até mesmo quem está a par de tudo do MCU, acaba soltando essa pergunta as vezes, pois a série tem muitas referências e até mesmo personagens que até então só do universo de quadrinhos da Marvel e isso está sendo maravilhoso, na verdade as séries estão fazendo um serviço ótimo quanto a isso, os quadrinhos e os filmes estão se encaixando.

Apesar de todas as cenas de explosões, tiros e perseguição, a série tem suas particularidades quanto a exploração do psique e das vidas dos heróis.

São “momentos de calmaria” e sempre com aquela pitada de humor Marvel, por mais que as vezes se ache que tais cenas sejam desnecessárias e forçadas, pelo contrário, ali que você começa a entender as motivações de cada personagem no contexto da série.

No decorrer da série esse clima descontraído vai mudando, sendo sincero a série mesmo cria forma nos dois últimos episódios, já que a série é composta por 6 episódios na sua totalidade, não se demora tanto para esse clímax.

Não canso de dizer de como a Marvel Studios consegue fazer algo bem amarrado, não só com o roteiro mas também com o MCU como um todo em apenas 6 episódios.

Acho que se o Disney+ não existisse, a série renderia um bom filme de lá 4 horinhas, claro que se somar a duração de cada episódio dá mais do que isso, mas daria para enxugar bem se fosse um filme.

Não sei se é considerado spoiler, apesar que nessa altura do campeonato enquanto escrevo essa resenha, todo mundo sabe que a série no final dela, um “novo” personagem aparece.

Para ser mais exato uma nova roupagem de um personagem, sim estou falando do novo Capitão América.

Que na minha humilde opinião, agora sim um Capitão digno ao meu ver, não só pelo fato de ser negro, mas por todo seu ideal por trás, toda a história, principalmente a escondida até então mas na série a mesma é descoberta e colocada em seu lugar merecido de destaque.

Eu não sou tão fã assim do Capitão América, pôr as vezes achar exagerado esse lance do EUA a cima de tudo e de todos, mas esse novo Capitão para mim foi algo de muita valia.

Outra coisa que achei bem legal na série é que além de novos personagens no MCU, inclusive vilões que serão com certeza aproveitados em outras produções e também como outros velhos conhecidos do MCU estão ultimamente, evoluídos e vencendo seus traumas.

Enfim, mais uma ótima série do MCU no Disney+ que é obrigatória para quem é fã da Marvel e de heróis.

E uma última coisa, a Marvel já confirmou o Capitão América 4.

Então voa, voa nosso novo Falc….digo… nosso Capitão América!

2 thoughts on “(Resenha) Falcão e o Soldado Invernal

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *